Mensagem do Presidente – Congresso SPSim 2018

As ciências da saúde têm evoluído muito significativamente nos últimos anos, com melhoria dos resultados em saúde. Numerosos indicadores o demonstram.

Esta evolução exige, no entanto, cada vez mais dos profissionais de saúde, sejam médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos de diagnóstico e de terapêutica, ou de outras áreas, quer individualmente, quer na sua inter-relação no trabalho em equipa. Para desenvolver e aperfeiçoar as competências é fundamental continuar a aprender e a treinar ao longo da vida profissional. Começando nos cursos pré-graduados em que também, cada vez mais, se usa simulação, até à aprendizagem em contexto do local de trabalho, para toda a vida.

É neste contexto que a simulação se insere: como uma metodologia de ensino e treino cada vez mais potente e realista e permitindo o aperfeiçoamento individual e em equipa.

Em Portugal existe a Sociedade Portuguesa de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde. Criada por pessoas ligadas a escolas e instituições de saúde, que dinamizam o uso da simulação na perspectiva do treino e da melhoria das competências (técnicas e sociais) A SPSim, no dia 30 de Novembro e 1 de Dezembro, vai realizar o Congresso Anual, desta feito no Funchal, onde existe um excelente centro de treino com uso de simulação. No Congresso, além da partilha de experiências, entre os presentes, haverá a oportunidade de contactar com representantes da Sociedade Europeia, Espanhola e Brasileira.

Venha ver a simulação no ensino de saúde, na ilha paradisíaca da Madeira, em Dezembro.

Miguel Castelo-Branco Sousa
Presidente da Sociedade de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde

 

Congresso SPSim 2018