A SPSim

A Sociedade Portuguesa de Simulação Aplicada às Ciências da Saúde (SPSim) foi criada em Novembro de 2011 com objetivos científicos e sociais relacionados com a simulação aplicada ao ensino e investigação em saúde.

A SPSim tem como finalidade impulsionar, difundir, desenvolver e promover a investigação e o ensino com simulação, aplicados às ciências da saúde. Dentro deste âmbito, são seus objectivos:

Divulgar a simulação biomédica como recurso formativo que contribui para a segurança do doente, a humanização e a excelência dos cuidados de saúde.
Contribuir para a definição, implementação e monitorização de estratégias nacionais de aplicação da simulação ao ensino das ciências da saúde.
Promover a partilha, nacional e internacional, da investigação e experiência na área do ensino biomédico com recurso à simulação.

Notícias

Mensagem
do Presidente

Miguel Castelo-Branco Sousa

Bem-vindo à página oficial da Sociedade Portuguesa de Simulação aplicada as Ciências da Saúde. Somos um conjunto de pessoas com experiência na área da simulação, enquanto instrumento de ensino, mas também enquanto tecnologia.

Integramos a sociedade quer individualmente quer enquanto representantes de instituições de ensino, de saúde ou empresas. O que nos move é a convicção que a simulação é uma componente que deve integrar, de forma racional, os processos formativos, preparando as pessoas para o exercício profissional competente e de elevada qualidade, maximizando a segurança do doente. A ideia da criação da sociedade foi contribuir para a dinamização da simulação e para o incremento da sua utilização em contexto de ensino e de formação de profissionais de saúde, contribuindo para o desenvolvimento e aperfeiçoamento das competências e conhecimento.

Os visitantes podem encontrar nesta página um repositório das actividades que incluam e promovam a simulação, informação sobre os centros de simulação e sobre as empresas da área, notícias da mundo da simulação e ligações das sociedades parceiras.

Os associados terão ainda a possibilidade de aceder a artigos científicos e a materiais formativos que a sociedade venha a desenvolver, disponíveis através de entrada protegida e exclusiva para sócios.

A página pretende ser dinâmica e responder aos interesses e vontades dos associados, pelo que sugestões são sempre bem-vindas.